A minha querida chefe

Nao sei se já tinha aqui escrito mas nao morro de amores pela minha chefe e para mal dos meus pecados ela também está a trabalhar no mesmo sitio que eu e continuo a ter que reportar a ela. 

Ela é capaz de ter um computador a frente e ligar-me para eu abrir um site e ver se as promocoes estao correctas, é capaz de perguntar a Renata no meio de uma reuniao se ela agora nao compreende ingles, é capaz de ser arrogante com alguns membros da equipa porque estes nao sao do mesmo país que ela, é capaz de pedir que os relatórios sejam enviados por sms ás 9 e tal da noite e acha que um supervisor para 40 agentes é mais do que suficiente.

Por estas e outras razoes continuo a adorar trabalhar com ela. Sempre que possível adopto a estratégia de dizer que sim a tudo e no fim fazer as coisas a minha maneira.

Valem-me os meus colegas que sao quase todos uns queridos. Valem-me as personagens que me fazem rir logo de manha quando me pedem para considerar as horas e os dias a que servem refeicoes lá na empresa  quando faco a rota porque querem comer lá pelo menos uma vez por semana. Aqueles que me fazem café, que me dao chocolates e os que me trazem o pequeno-almoco e ás vezes até o almoco.

Etiquetas: