quinta-feira, 10 de março de 2011

Sri Lanka


Volta e meia dou por mim com saudades do Sri Lanka. País esse onde nunca sequer tinha sonhado ir um dia e onde cheguei depois de dez horas de voo e mais de duas num taxi a viajar pelas ruas do terceiro mundo a um apartamento sem luz e nao muito limpo. Onde o primeiro jantar foi meio pacote de bolachas de água e sal. Onde chorei e desejei nunca lá ter chegado. Onde o choque de culturas foi brutal. Onde na praia cheia de gente nao havia ninguém de bikini. Onde me pediram dinheiro com a história de terem perdido tudo no tsunami. Onde por tudo e por nada esperam que de gorjeta. Onde me estam sempre a tentar fazer gastar dinheiro. Onde fazem perguntas demais. Onde o transito é caótico. Onde todos os dias algo ou alguém me lembrava que sou branca, que sou diferente ali.

País esse com clima tropical e água do mar a vinte e oito graus. Onde existem palmeiras na praia. Onde há cocos cor de laranja com uma água que é uma delicia. Onde na praia se podem ver esquilos a toda a hora a correrem de um lado para o outro a procura de comida ou bebida. Onde as pessoas sorriem e dizem bom dia mesmo que nao nos conhecam. Onde nos hóteis me senti menos diferente. Onde o servico nos restaurantes é em geral muito bom. Onde se come peixe fresco. Onde passei o melhor dia dos namorados a jantar a beira do mar. Onde chamar um taxi pode demorar apenas quinze segundos. Onde as pessoas sabem receber. Onde aprendi um pouco mais sobre cricket. Onde fiz amigos. Onde nao existe stress. Onde existem muitas religioes mas aparentemente todos se dao bem e se respeitam. Onde há montanhas e cascatas lindas. Onde se podem ver tartarugas gigantes, peixes tropicais e corais. Onde me chamam branca sem qualquer pudor. Onde passadas apenas tres semanas já me sentia em casa.

1 comentário:

Nuno disse...

Nao teria dito melhor... =)