Resposta

Porque há comentários que merecem, a este dedico um post!

""Monhé"?! E porque não escreveres "chinos" ou "olhos em bicos"?! Também és das que chamam "tição"?!
E em relação ao resto que escreves, ó branquela, tu que estás num país que não é o teu para poderes sobreviver, devias ser mais tolerante com as dificuldades de algumas pessoas que não trabalham no seu país de origem, não achas?

E não, não sou "monhé".

Helena Duarte"


Tanto preconceito! Nao usei outros termos porque nao me apeteceu, gosto particularmente da palavra monhe e nao vejo mal nenhum em usá-la. Quanto ao termo branquela, adoro! Tenho amigos monhes que ás vezes me chamam branquela (whitie) e eu acho o máximo. Devo também dizer que nao vim para Londres para sobreviver. Quando deixei Portugal tinha comida, emprego e um tecto. Quanto ás dificuldades com que se deparam pessoas que como eu procuram oportunidades noutro País que nao aquele onde nasceram é óbvio que compreendo e também passei por algumas. Mas acho que nao me passaria pela cabeca aceitar um emprego para o qual nao tivesse os requisitos minimos. Mas nao sou mulher de dizer nunca, quem sabe um dia nao tento a minha sorte como engenheira civil, psicologa ou até quem sabe como médica!

Obrigada Helena por me fazer sorrir.

Etiquetas: