domingo, 3 de julho de 2011

Emprestar Dinheiro

Estou longe da minha família e amigos, partilho casa com estranhos, nao tenho carro, animais de estimacao nem filhos. E isto tudo para poder ser independente financeiramente. 

Em Portugal vejo as pessoas a viverem com o que nao teem e depois chega a um ponto em que o dinheiro nao estica mais. E a única solucao passa por pedir ajuda monetária a família, amigos ou conhecidos. Depois aqueles que como eu nao sabem dizer nao e teem as financas controladas ajudam e emprestam dinheiro para arranjar o carro de outra pessoa. E ficam a espera que um dia esse dinheiro seja devolvido.

Passados 6 meses, questionei-me se nao estaria na hora de voltar a ver o dinheiro que emprestei, isto depois de nenhuma informacao de quando iria ver o dinheiro de volta na minha conta. Pediram-me para esperar mais um pouco. Passaram 9 meses. Tentaram fazer-me sentir mal por querer o meu dinheiro de volta. Vou ter de esperar mais uns tempos.

Chego a conclusao que sou parva e tenho de aprender a dizer "Nao".

3 comentários:

Eugénio disse...

Há um ditado que diz " queres perder um amigo? Empresta-lhe dinheiro. "

Ana Margarida disse...

Há também outro ditado: "quem empresta não melhora"

Corina de Oliveira disse...

Concordo com o Eugénio. Acho que vais ficar a ver navios, Sofia :s