Quando a família está longe...

Em Portugal tenho a minha mãe e toda a restante família que me poderia dar apoio no pós-operatório e acompanhar ao hospital.

Aqui tenho o meu namorado e mais ninguém próximo de família. É um pouco estranho e assustador nao ter a rede de apoio que quem nao emigra tem.

Mas vou ter uma colega e amiga minha a ir connosco para o hospital e que como a irmã passou pelo mesmo este ano vai estar lá para ajudar no pós e para me trazer para casa. E hoje ainda tive a minha manager a oferecer-se para me levar. E deu-me umas dicas e tudo que ela foi operada (anestesia local) no fim de semana passado.